Entrevista com Ana Cristian Magalhães – Coordenadora de GT do CAEduca 2021

A entrevistada desta vez é Ana Cristian Magalhães

Ana Cristian Magalhães  é Graduada em Engenheira Civil (Universidade Católica do Salvador, UCSAL), mestre e doutora em Arquitetura e Urbanismo (Universidade Federal da Bahia, UFBA). Foi bolsista no Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), em Portugal, e colaboradora do Núcleo de Tecnologia da Preservação e da Restauração (NTPR), laboratório vinculado à UFBA. Possui publicações na área de Conservação e Restauro, especialmente sobre argamassas de revestimento de paredes para Edifícios Antigos. Ministrou aulas no curso de Arquitetura da Faculdade Ruy Barbosa e da Universidade Federal da Bahia. Atualmente realiza pós-graduação em Docência para o Ensino Superior (Universidade Salvador, UNIFACS). É também Coordenadora do GT Ensino Superior do CAEduca 2021.

1) Você foi selecionada para coordenar um dos Grupos de Trabalho do CAEduca. Nos conte um pouco como foi a sua trajetória acadêmica até esta seleção.

O meu interesse pela pesquisa surgiu desde a época em que fui bolsista no Laboratório Nacional de Engenharia Civil, em Portugal, onde me dediquei aos estudos experimentais de caracterização e análise da degradação de revestimentos de paredes de edifícios antigos. Durante a realização do mestrado e do doutorado tive oportunidade de dar continuidade às experiências na área de Ciência e Tecnologia da Conservação e Restauro. Após a conclusão do doutorado, direcionei meus esforços à complementação da minha carreira acadêmica, realizando especialização na área da docência do Ensino Superior. Desde então, venho me dedicando a ampliar meus conhecimentos sobre as práticas pedagógicas de ensino e aprendizagem visando um melhor desempenho em sala de aula. A participação como ouvinte no CAEDUCA 2020 foi fundamental para conhecer o evento e fazer reflexões importantes sobre os temas apresentados na área da educação. Ao aceitar o convite para fazer parte da coordenação de um GT, assumi responsabilidade para contribuir para o sucesso do congresso e ampliei o meu interesse em participar de uma rede de acadêmicos comprometidos com o desenvolvimento de pesquisas em educação, como o CAEduca.

2) O que mais lhe chamou atenção no CAEduca?

O CAEduca contempla temas multidisciplinares e contemporâneos na área da Educação. Me chamou atenção o objetivo do evento em promover reflexões específicas que permitem o alcance e envolvimento de profissionais de diversas áreas. Além disto, o CAEduca promove a participação de discussões e trocas de experiências com profissionais oriundos de diversas regiões do país, constituindo amplo espaço de reflexão sob diversas perspectivas de análise no meio acadêmico da educação.

3) A temática do seu GT é fundamental para pensar a educação de maneira interdisciplinar. O que você concebe como principal desafio da temática?

Eu penso que a temática do GT6 Ensino Superior tem como principal desafio a conscientização do docente para uma prática pedagógica de forma planejada e integrada com outras disciplinas do currículo acadêmico. O professor precisa estar ciente de que a sua prática docente deve estar sintonizada com a realidade social dos alunos, sendo necessário promover a interligação dos conteúdos com as situações do cotidiano. Vejo na participação dos GTs, um passo importante para promover discussões e o despertar da consciência sobre a boa prática docente.

4) Bom, outros pessoas vão se espelhar em você para participarem das próximas iniciativas do CAEduca. Que dica final você daria para que possam produzir textos de qualidade e inovadores

A educação está passando por profundas transformações e os desafios que dão suporte a estas mudanças já fazem parte da realidade das instituições de ensino. A participação no CAEduca é uma oportunidade de intercâmbio de conhecimentos e difusão de experiências desafiadoras entre os diversos grupos de pesquisadores da área de educação. Por meio da publicação de trabalhos acadêmicos de qualidade e inovadores os profissionais se atualizam e ampliam seus conhecimentos. Antes de produzir o trabalho, é essencial fazer um planejamento e refletir sobre a melhor estratégia para colocar as ideias “no papel”. A leitura constante e a pesquisa em fontes diversificadas e confiáveis são essenciais para fundamentar os argumentos de um texto. Um artigo bem estruturado, com dados consistentes, que mostre clareza, objetividade e coerência permitirão melhor compreensão do tema e engajamento do leitor.

Gostou da entrevista? Não esqueça de comentar e compartilhar.

Para mais informações sobre o CAEduca e se cadastrar para novidades, visite o site www.caeduca.com

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *