Entrevista com José Morais Souto Filho – Coordenador de GT do CAEduca 2021

O entrevistado desta vez é José Morais Souto Filho

José Morais Souto Filho é Doutor e Mestre em Educação Física Pela UCB – Universidade Católica de Brasília; Especialização em Educação Física Escolar pela FIP – Faculdades Integradas de Patos – PB; Graduado em Licenciatura Plena em Educação Física pela Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde – PE; Professor efetivo no curso de Educação Física na FIS – Faculdade de Integração do Sertão – PE; Supervisor de Esportes e Recreação do SESC Triunfo – PE. Criador do curso de capacitação e formação docente em Educação pelo lazer; Palestrante no Seminário Produção do Conhecimento promovido anualmente pelos SESC Pernambuco; Membro do Espaço Inovar (órgão que atua com atendimento multiprofissional para crianças e jovens com dificuldade de aprendizagem).

É autor do livro “Reatividade autonômica e cardiovascular ao estresse: efeito atenuante da força muscular”. É também Coordenador do GT Educação Básica do CAEduca 2021.

1) Você foi selecionado para coordenar um dos Grupos de Trabalho do CAEduca. Nos conte um pouco como foi a sua trajetória acadêmica até esta seleção.

Após a finalização do mestrado em 2017, iniciei com a atuação docente em dois cursos de licenciatura em educação física. Esta atuação nos fez buscar aprofundamento a respeito da contribuição da educação física na formação holística do indivíduo. Em 2018 já no processo de doutoramento alguns trabalhos (artigos, palestras e cursos) foram produzidos com a colaboração de alguns pesquisadores. Assim a busca constante para contribuir com o avanço e democratização da educação no Brasil nos fez chagar até o CAEduca.  

2) O que mais lhe chamou atenção no CAEduca?

Romper com o modelo de educação bancária descontextualizada e tornar o processo de ensino aprendizagem mais significativo e contemporâneo aos acontecimentos sociais requer um modelo de educação multidisciplinar. É esta possibilidade de dialogo plural que o CAEduca vem proporcionar que nos convida a participar deste evento. 

3) A temática do seu GT é fundamental para pensar a educação de maneira interdisciplinar. O que você concebe como principal desafio da temática?

Abordar a educação básica de forma lúdica e prazerosa, utilizar as mídias e novas tecnologias como instrumentos no processo inovador de ensino aprendizagem para a formação de um indivíduo autônomo, crítico e participativo na sociedade.  

4) Bom, outros pessoas vão se espelhar em você para participarem das próximas iniciativas do CAEduca. Que dica final você daria para que possam produzir textos de qualidade e inovadores

Em qualquer aspecto do nosso desenvolvimento o aprimoramento requer leitura e prática constante. Ainda neste sentido, a constância em eventos científicos amplia a rede de contatos, possibilita a aproximação com conteúdos atuais e desenvolve uma visão crítica para futuras produções acadêmicas.

Gostou da entrevista? Não esqueça de comentar e compartilhar.

Para mais informações sobre o CAEduca e se cadastrar para novidades, visite o site www.caeduca.com

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *