Entrevista com Fabíolla Xavier Rocha Ferreira Lima – Coordenadora de GT do CAEduca 2021

A entrevistada desta vez é Fabíolla Xavier Rocha Ferreira Lima.

Fabíolla Xavier Rocha Ferreira Lima  é Professora adjunta na Universidade Federal de Goiás – UFG, Setor Engenharia de Biossistemas. Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás – PUC Goiás (2003), mestra em Engenharia do Meio Ambiente pela Universidade Federal de Goiás – UFG (2007) e doutora em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de Brasília – UnB (2013). Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Tecnologia de Arquitetura e Urbanismo, atuando principalmente nos seguintes temas: Metodologias Ativas, Jogos de Ensino/Aprendizagem, Tecnologia da Arquitetura, Desenho Técnico, Gestão de Materiais, Resíduos de Construção, Projeto de Arquitetura.

Membership CAEduca, Líder TACA – Grupo de estudos, Membra LaBam – Laboratório do Ambiente. É também Coordenadora do GT Métodos e Práticas de Ensino e Aprendizagem do CAEduca 2021.

1) Você foi selecionada para coordenar um dos Grupos de Trabalho do CAEduca. Nos conte um pouco como foi a sua trajetória acadêmica até esta seleção.

Atuo na docência desde 2008, um ano após a conclusão do mestrado na UFG. O curso de doutorado, fiz trabalhando em duas universidades e sempre busquei aperfeiçoamento na área da pesquisa científica. Assim, em 2020 conheci o trabalho do prof.º Felipe Asensi nas redes sociais e, desde então, acompanho o trabalho do grupo no desenvolvimento da sociedade acadêmica e científica. Tive a oportunidade de participar do evento INTEREdu 2020 ao ter dois trabalhos aceitos, com publicação em livro, o que muito contribuiu para minha carreira enquanto professora pesquisadora. Ao saber da possibilidade de participar novamente, porém como coordenadora de um GT, logo me inscrevi e estou muito feliz em ter sido aceita. Certamente será uma grande experiência.

2) O que mais lhe chamou atenção no CAEduca?

A diversidade de áreas temáticas, a oportunidade de publicação em livros, as acessíveis modalidades de participação.

3) A temática do seu GT é fundamental para pensar a educação de maneira interdisciplinar. O que você concebe como principal desafio da temática?

Métodos e práticas de ensino e aprendizagem que sejam inovadoras, formativas e inclusivas são o principal desafio deste grupo de trabalho. Os professores estão em constante atualização de conhecimentos e para que a práxis ensino-aprendizagem, em qualquer área do conhecimento e suas interrelações, seja eficiente e duradoura, muito deve-se pensar e dialogar, tendo sempre como foco o desenvolvimento da ciência.

4) Bom, outros pessoas vão se espelhar em você para participarem das próximas iniciativas do CAEduca. Que dica final você daria para que possam produzir textos de qualidade e inovadores

Busquem sempre a evolução, tracem o seu próprio caminho de crescimento, conheçam suas limitações, desenvolvam suas habilidades e tenham coragem de se superarem, dia após dia. O mundo é dos corajosos!

Gostou da entrevista? Não esqueça de comentar e compartilhar.

Para mais informações sobre o CAEduca e se cadastrar para novidades, visite o site www.caeduca.com

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *