Entrevista com Carlos Estephanio – Coordenador de GT do CAEduca 2021

O entrevistado desta vez é Carlos Estephanio.

Carlos Estephanio tem Doutorado em Educação pela Universidad Americana; Mestrado em Tecnologia, ênfase em Educação Tecnológica – Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca; Master in Technology – City University (by study validation); Lato Sensu em Metodologia do Ensino Superior – Universidade Gama Filho – UGF; Licenciatura plena – FABES. Professor do CEFET – RJ onde atuou de 1979 a 2015 em regência de classes, coordenação de colegiado, cargo de dirigente, membro de conselhos acadêmicos e de comissões diversas. Atuou, entre outras, também nas seguintes instituições: UERJ; FACULDADES INTEGRADAS BENNET; FACULDADE BETHENCOURT DA SILVA; SENAI CETIQT; ESCOLA TÉCNICA DO INSTITUTO BRASILEIRO DE TELECOMUNICAÇÕES; SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO / RJ; SECRETARIA MUNICIPAL DO TRABALHO E RENDA – RJ. Avaliador do MEC (SIMEC). Fundador e Diretor Acadêmico do INSTITUTO IDEIA, responsável pelo implantação do Programa Brasil de Mestrados e Doutorados no Mercosul (10/2008 a 02/2020).

Autor e/ou coautor, entre outros, dos livros: Desenho Técnico – uma linguagem básica. Ed. Independente; Responsabilidade social na educação. Publit; Dois olhares: educação profissional e o profissional de educação. Publit. Membro da Associação Brasileira de Pós-graduados no Mercosul. Consultor de projetos para o 3º setor. É também Coordenador do GT Gestão Educacional Educação e Formação Docente do CAEduca 2021.

1) Você foi selecionada para coordenar um dos Grupos de Trabalho do CAEduca. Nos conte um pouco como foi a sua trajetória acadêmica até esta seleção.

Iniciei no magistério aos 18 anos, ainda cursando técnico industrial, e isso me abriu o interesse e o horizonte para a vida acadêmica. O interesse pela formação docente sempre se apresentou com destacada importância para mim, tendo em vista que não existia formação em minha área específica (desenho técnico e geometria descritiva). De certa forma, no início de minha carreira, me vi obrigado a obter uma formação por referenciais próprios. Somente surgiu licenciatura plena em minha área, em 1981, através da Faculdade Bethencourt da Silva, vinculada ao Liceu de Artes e Ofícios do Rio de Janeiro. Após, prossegui cursando especialização, mestrado e doutorado e  sempre atuando na área acadêmica, no Brasil e fora  dele, com destaque para a gestão. O interesse pela formação docente decorre, também, de muitas carências encontradas ao longo de minha caminhada profissional.

2) O que mais lhe chamou atenção no CAEduca?

A proposta em si que é enriquecedora, integradora e abrangente em suas distintas áreas temáticas. E a organização se apresenta como elemento de destaque.

3) A temática do seu GT é fundamental para pensar a educação de maneira interdisciplinar. O que você concebe como principal desafio da temática?

Contribuirmos para que seja descortinada uma melhor formação docente, o que, por certo, ocorre com transversalidade com outros temas e áreas. Me faz, cada vez mais, compreender que uma boa Gestão Educacional e uma boa Formação Docente, são fundamentais para uma desejada educação de qualidade, em seus diferentes níveis, sem perder o foco na valorização da classe docente.

4) Bom, outros pessoas vão se espelhar em você para participarem das próximas iniciativas do CAEduca. Que dica final você daria para que possam produzir textos de qualidade e inovadores

Dedicação e amor à educação, pois sem ela jamais cresceremos profissional e humanamente, e nenhuma nação se desenvolve adequadamente. Que adquiram o hábito de olhar analítica e criticamente o que, por vezes, pode parecer lugar comum, porém, auxilia a transformar a observação em produção acadêmica e/ou científica. A permanente atualização é também fundamental, conjugada com experiências relevantes que, de alguma forma, contribuam para a melhoria da formação docente e, por consequência, para que tenhamos melhores cidadãos formados desde a mais tenra idade.  

Gostou da entrevista? Não esqueça de comentar e compartilhar.

Para mais informações sobre o CAEduca e se cadastrar para novidades, visite o site www.caeduca.com

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *